Acne: socorro!

May 16, 2018

 

 

Quem passou pela adolescência com a presença das terríveis acnes pode dizer: elas são (mesmo!) um incômodo e tanto! E o pior, na tentação de espremer como se fosse resolver o problema, o quadro ainda pode piorar e garantir cicatrizes para toda a vida.

 

Então, aqui vai um guia rápido e prático com tudo o que você sempre quis saber sobre acnes!

 

O que são as acnes?

 

A acne é uma doença crônica frequentemente caracterizada pelo aparecimento de cravos, espinhas e/ou cistos que surgem devido a um processo inflamatório das glândulas sebáceas e dos folículos pilossebáceos.

 

Apesar de aparecer mais comumente na adolescência, a acne também pode ocorrer em adultos – principalmente em mulheres –, apesar de sua forma mais grave costumar ocorrer nos homens.

 

Quais são as causas da acne?

 

Os principais responsáveis pelas acnes são os hormônios sexuais que começam a ser produzidos na puberdade. Quando somadas a uma predisposição genética e ao se tornarem mais ativas na adolescência, as glândulas responsáveis pela produção desses hormônios desencadeiam mudanças relacionadas a secreção sebácea da pele e do couro cabelo: momento em que se desencadeiam as acnes.

 

Por outro lado, o quadro de acne pode ter significativa piora quando relacionado a:

 

- Situações de estresse;

- Alterações hormonais femininas, como o período menstrual, gestação, menopausa e, ainda, o uso de pílulas anticoncepcionais;

- Uso de alguns medicamentos, como corticoides, carbonato de lítio e vitaminas do completo B;

- Exposição exagerada ao sol;

- Hábito de mexer nas lesões;

- Uso de cosméticos oleosos, como maquiagens e cremes;

- Não retirar adequadamente os cosméticos aplicados na pele e dormir de maquiagem;

- Alimentação rica em produtos lácteos, carboidratos e alimentos de alto índice glicêmico;

- Uso de andrógenos anabolizantes, tipo testosterona, e suplementos nutricionais, como Whey Protein.

 

Como evitar o surgimento da acne?

 

Para quem já tem uma predisposição genética para o surgimento da acne, é fundamental evitar os fatores que pioram o quadro (citados acima). Além disso, você também pode adotar medidas simples e eficazes, como:

 

- Lavar o rosto com sabonete líquido específico para a sua pele de 2 a 3 vezes ao dia (Atenção! Lavar demais também gera o “efeito rebote” e faz com que as glândulas produzam ainda mais oleosidade);

 

- Evitar ficar passando a mão no rosto, pois estimula a produção de sebo;

 

- Evitar, principalmente, os seguintes fatores que pioram o quadro: espremer as espinhas, tomar sol sem proteção solar, alimentos lácteos e ricos em carboidratos e alto índice glicêmico.

 

Quais os melhores tratamentos para acne disponíveis hoje?

 

Como sempre digo aqui no Blog, para orientação sobre o melhor tratamento, é indispensável uma análise (em consultório médico) do seu tipo de pele, hábitos cotidianos e, sobretudo, da gravidade das lesões. Mas, para te animar a procurar o tratamento o quanto antes, aqui vão os principais procedimentos e que trazem excelentes resultados:

 

- Para os casos de lesões mais leves, geralmente, somente o uso de sabonetes esfoliantes, cremes à base de peróxido de benzoila, ácido retinóico, adapaleno tendem a ser suficientes para controlar a produção sebácea, desobstruir a sua saída e diminuir o desenvolvimento das bactérias;

 

- Em casos de lesões mais graves, torna-se mais comumente necessário o uso de medicação oral, como: antibióticos, anticoncepcionais e isotretinoína – medicação que age na maioria dos mecanismos da acne, podendo determinar sua cura na maioria dos casos;

 

- Outros tipos de tratamento, como limpeza de pele, peeling químico, laser, tratamentos com fonte de luz tipo LED e terapia fotodinâmica, também podem ser empregados na maioria dos casos e trazer grandes benefícios.

 

Mesmo que muitas vezes o quadro de acne se resolva espontaneamente, os tratamentos acima citados são realizados como grandes aliados na prevenção das cicatrizes – que são ainda mais difíceis de tratar.

 

As cicatrizes de acne têm tratamento?

 

Há vários tipos de cicatrizes de acne, portanto os tratamentos também são os mais variados e (mais uma vez) indicados conforme a análise individual do caso. Nesse sentido, os tratamentos mais indicados são:

 

- Peelings químicos: provocam uma agressão controlada que faz a pele se regenerar e ficar com textura mais delicada;

 

- Uso de Lasers, como o CO2 fracionado:  podem ser usados para melhora tanto das alterações de relevo da pele, quanto de cor;

 

- Dermoabrasão: lixamento com equipamento especial, de forma a destruir a irregularidade da pele, tornando-a mais plana;

 

É muito comum que as cicatrizes de acne possuam várias formas, sendo necessária a utilização combinada de mais de um método de tratamento, além de uma dose extra de paciência até se obter resultados significativos.

 

Por isso, cuide com carinho da sua pele e previna o surgimento da acne. Caso você já possua, procure o tratamento logo no início para que você tenha, o quanto antes, uma pele linda e saudável livre das acnes!

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Featured Posts

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Arquivo 
Please reload

Follow us
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

Perdizes: Rua Turiassu, 143/145 - Cj61

 

Alto da Lapa: Rua Sales Junior, 642


São Paulo, SP, Brasil 

© 2018. Todos os direitos reservados. Responsável: Dra.Flávia Jorge - CRM 124.469 RQE 37373 - Esse site segue as normas do Código de Ética Médica do Conselho Federal de Medicina